segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Conferência "Quando a arte se torna Pública" na Casa da Esquina - Coimbra

Dia: 20 de Novembro, 21h
Local: Casa da Esquina
Participantes: Carla Cruz (Artista Plástica), Dolores Matos (FIAR), Carlos Alberto Augusto (Coimbra Vibra), Ricardo Correia (Casa da Esquina).
Moderador: Paulo Peixoto (CES)


Quando a Arte se torna Pública
No seguimento de "Chambres Rooms Zimmers" e integrada no projecto "Exercícios de Botânica", a Casa da Esquina apresenta a conferência "Quando a Arte se torna Pública"no dia 20 pelas 21h. Discute-se sobre a intervenção no espaço público com Carla Cruz (Artista Plástica), Dolores Matos (FIAR), Carlos Alberto Augusto (Coimbra Vibra!), Paulo Peixoto (CES). Esta conferência pretende reflectir não só sobre as várias formas de intervenção no espaço público como também fazer a interrogação do acto teatral. Ao mesmo tempo pretende-se cruzar as experiências dos vários projectos representados pelos intervenientes. Além da conferência, os espectadores podem ainda encontrar na Rua Aires de Campos nº 6 a exposição "Sete Olhares Sobre os Exercícios de Botânica" patente até dia 6 de Dezembro.

Carla Cruz
1977, Vila Real, formada em Escultura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Nesse momento interessada nas questões de género na sociedade e na arte e numa forma de fazer arte mais inclusiva, procurando a participação do seu publico pela manipulação. Entre 2001 e 2003 frequento e concluo o Mestrado em Belas Artes pelo Piet Zwart Institute, Willem de Kooning Academy, Roterdão - Holanda /em colaboração com a/ Plymouth University - Reino Unido. Sendo estes anos os de viragem para projectos interactivos, em que crio eventos, situações ou plataformas em que o publico é convidado a tomar parte activa.

Tendo desde cedo colaborado e fundado diversos colectivos, entre eles: Caldeira 213, ZOiNA (Colectivo feminista de intervenção artística), Ateliers-Mentol, Identidades, Clanitica, GARBA (jovens artistas em residência, Itália), Room (Artists run Space, Roterdão); trabalho também em parceria com outros artistas: Isabel Carvalho, Pedro Nora, Catarina Carneiro de Sousa, Ângelo Ferreira de Sousa, Suzanne van Rossenberg, Nina Hoechlt, Jocelyn Cottencin, Karin de Jong, Sabine Funk, Francesco Ventrella, Cláudia Van Dick, Tina Sejberg, Mónica Faria. De momento organizo o projecto expositivo e blog All My Independent Women, dinamizo o Blog Porto Público, pertenço a um Affinity group do Forum Feminista Europeu, coordeno projectos para o Grupo de intercâmbio Artístico entre Brasil, Cabo Verde, Moçambique e Portugal – Identidades, organizo o espaço expositivo da Gesto Cooperativa Cultural no Porto e sou docente da Escola Superior de Educação de Viseu.

Dolores de Matos, 52 Anos
Nasce em Caldas da Rainha. Em 1978 conclui o Curso de Teatro no Centro Dramático de Évora - inicio da sua actividade artística. De 1984- 1999 é programadora cultural nas Câmaras Municipais de Setúbal e Palmela e coordena o Serviço Educativo (projectos artísticos) do Museu de Setúbal (1984-1994) Concebe e dirige o FIAR, Centro de Artes de Rua. Concebe com João Brites o Festival FIAR com a responsabilidade da direcção de programação e produção - 1999-2008 Coordenadora do Centro de Operações Artísticas na Expo98. Desde 2007 é consultora de programação portuguesa em Valladolid para a Fundacion Municipal de Cultura, Espanha. Responsável pelo trabalho de cooperação internacional na Plataforma Europeia INSITU, que o FIAR, Centro de Artes de Rua integra.

Carlos Alberto Augusto
Compositor português cuja actividade se centra na música parateatro e no teatro-música. Actividade também na área damultimédia, vídeo e comunicação intereactiva como músico e sounddesigner. Trabalhou nos domínios da investigação, legislação,normalização e controlo do ruído. Estudou comunicação. Ajudou a definir e a realizar o programa de música de Coimbra, Capital Nacional da Cultura 2003.

Paulo Peixoto
Paulo Peixoto é investigador do Centro de Estudos Sociais, integrando o Núcleo de Estudos Sobre Cidades e Culturas Urbanas, e professor de Sociologia na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, onde lecciona na licenciatura em Sociologia e no Programa de Mestrado e Doutoramento em Cidades e Culturas Urbanas. Doutorado em Sociologia pela Universidade de Coimbra, é licenciado e mestre em Sociologia pela mesma instituição.Integra a Rede Brasil-Portugal de Estudos Urbanos, executa actualmente projectos de investigação sobre património e turismo, desenvolve actividades de extensão coordenando a avaliação de projectos de intervenção social e é Director da Ensino Superior – Revista do SNESup.É membro das Direcções do Centro de Estudos Sociais, da Associação para a Extensão Universitária e do Sindicato Nacional do Ensino Superior. Os interesses actuais de investigação centram-se nos domínios das cidades e culturas urbanas, património, turismo, e exclusão e violência urbanas.

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Propostas para workshops e actividades

A Casa da Esquina é um espaço de acolhimento de vários projectos e de cruzamento de várias áreas artísticas, onde se pretende implementar projectos que visem dinamizar a cidade de Coimbra e criar um pólo cultural alternativo a funcionar em rede com outras cidades nacionais e internacionais. Como tal, está a receber propostas de projectos (teatro, artes plásticas, ciência, fotografia, cinema, música, reciclagem, etc.) para o ano de 2009.

As propostas devem ser apresentadas por e-mail para
casadaesquina.associacao@gmail.com e devem conter:
Cursos, Exposições, Workshops ou outras actividades- Título, descrição sumária, C.V/Portfólio formador, programa, objectivos e contacto electrónico e telefónico.

Podem contactar connosco através de mail ou por Correio para:

Casa da Esquina - Associação Cultural
Rua Aires de Campos nº 6
3000-014 Coimbra

terça-feira, 30 de setembro de 2008

Fotos do espectáculo


O espectáculo Exercícios de Botânica foi fotografado por alunos de um workshop ministrado pela nossa Susana Paiva.
Aqui fica neste endereço algumas fotos.
Em preparação está a conferência sobre Arte Pública para a inauguração oficial em Novembro da Casa da Casa da Esquina - Associação Cultural.
Apareçam!

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

2ª parte -Entrevistas ao Público dos Exercícios de Botânica

video

Entrevistas ao Público dos Exercícios de Botânica

video

Entrevistas realizadas por Ricardo Correia.

Curso de Formação Práticas contemporâneas da performance – Devising

No dia 19 apresentou-se no Centro de Estudos Sociais (C.E.S) o exercício de trabalho do curso de Devising. Os formandos a partir da metodologia usada no espectáculo “Exercícios de Botânica, geraram material para o espaço do C:.E.S.
Neste exercício
site-specific, construíu-se textos originais a partir do espaço e das pessoas que habitam esse mesmo espaço, originando várias conferências que foram instaladas em espaços não convencionais do C.E.S.


terça-feira, 22 de julho de 2008

segunda-feira, 21 de julho de 2008

Últimas representações


A Casa vai continuar os seus Exercícios de Botânica no Jardim Botânico.




Últimos dias:

De 21 a 25 de Julho
Às 22h 22h30 23h

Apareçam!

sexta-feira, 11 de julho de 2008

EXERCÍCIOS DE BOTÂNICA no Público


Já demos o nosso eco à imprensa numa reportagem de Graça Ribeiro no P2, agora já não somos só uma visita ao Botânico. Ficam as fotos de Adriano Miranda.

segunda-feira, 30 de junho de 2008

Práticas contemporâneas da performance – Devising

Curso de Formação

Práticas contemporâneas da performance – Devising

Coordenador CES: Paulo Peixoto

Coordenadores Técnicos: Ricardo Correia e Jorge Louraço Figueira

Data: 14 a 19 de Julho de 2008 (de segunda a sábado)

Organização: Núcleo de Estudos sobre Cidades e Culturas Urbanas – CES e Casa da Esquina

Objectivos

Este curso de formação avançada pretende fornecer novas pistas para derrubar a segmentação dos espaços urbanos, as tradicionais formas de fazer teatro e para promover usos alternativos e não convencionais do espaço público. O Devising, enquanto género performativo, funcionará como um curso teórico/ prático onde se procurará introduzir aos formandos a noção de teatro experimental, analisando-se obras marcantes de companhias contemporâneas e projectos emblemáticos dirigidos ao espaço público. O curso explorará vários pontos de partida para gerar material performativo e, a partir da metodologia usada no espectáculo “Exercícios de Botânica”, procurará criar exercícios de trabalho.

Destinatários: Maiores de 18 anos com interesse pela animação do espaço público, pela performance teatral e projectos de intervenção comunitária.

Data: 14 a 19 de Julho (de segunda a sábado)

Horário: Todas as tardes, das 15h00 às 19h00

Local: Centro de Estudos Sociais, Jardim Botânico, TEUC.

Contactos: ces@ces.uc.pt; joanabranco@ces.uc.pt

Telefone (CES): 239 855 570/72/74; Fax (CES): 239 855 589

Prazo de inscrição: 10 de Julho

Preço: Docentes, Estudantes e Desempregados/as: 25 Euros; Outros: 50 Euros

No final do curso será entregue um certificado de frequência

Conteúdo programático:

1- Performance – Da história ao presente;

2- Companhias contemporâneas: Third angel, Forced entertainement Dv8 e Gobsquad;

3- Modelos de espectáculo: Performance autobiográfica, narrativas da comunidade, adaptação de histórias ficcionais, Projectos Site-specific;

4- Devising – Como e por onde começar;

5- Devising – Teoria e prática – como encenar em processo colaborativo;

6- Metodologias – ex: Projecto Exercícios de Botânica: improvisação, guião, e trabalho in site;

7- Cena de trabalho -Criação de cenas de trabalho a partir do imaginário do espectáculo “Exercícios de botânica”.

Formadores:
Ricardo Correia e Jorge Louraço

RICARDO CORREIA (Barcelos, Portugal, 1977) é actor, encenador e formador nas áreas das expressões. Formado em Educação pela Universidade do Minho, trabalhou no teatro Nacional São João, Escola da Noite, T- Zero, Teatro Oficina, etc. Participou no III estágio da cena Lusófona em Coimbra, Directing Course no R.A.D.A em Londres (Royal Academy of Dramatic Art) e com Jos Housben no Theater Instituut Nederland/Amesterdam, entre outras formações.

Actualmente dirige em Coimbra um projecto apoiado pelo Ministério da Cultura para 2008 – Exercícios de Botânica para a Casa da Esquina – Associação cultural. Em 2007 foi coordenador da formação do teatro Oficina (Guimarães).

É director do áudio walk - "Chambres, Rooms, Zimmers" em Coimbra 2008,"Projecto Müller" para o T.EU.C, vencedor do prémio melhor espectáculo no festival da Beira interior 2007; "O meu Umbigo" - Dança com utentes de APPACDM, 2005 "B.I.P" e "Uma forma de me despedir" para a LÁBIO; "Spectrum- Alucinações do 13" , "Evento Al Berto", e "Lysistrata" para o T.U.M; "A sul de alguma memória", para o T- ZERO e "Cataclismo" para o Teatro Oficina.

JORGE LOURAÇO FIGUEIRA (Nazaré, Portugal, 1973), membro do Teatrão, é dramaturgo, crítico de teatro do jornal Público e docente da ESAP, da ESMAE, do Balleteatro e da ACE. Formado em relações internacionais e em antropologia social, participou na Oficina de Escrita Teatral 1999-2000 do Dramat (Teatro Nacional de São João), dirigida por Antonio Mercado, e na residência internacional 2003 do Royal Court Theatre, em Londres. Trabalhou com Alexander Kelly na realização da versão portuguesa de «Where have they hidden all the answers?», uma produção Third Angel / Ao Cabo Teatro para a SITE 2003, em Coimbra.

.

segunda-feira, 26 de maio de 2008

TheaterGarten - Bestiarium por Chris Dercon















" Just like in a botanic garden, works of art live in artificial spaces specialy made for them. The work survives like an exotic animal in a zoo."


Ludger Gerdes
in TheaterGarten - Bestiarium

quinta-feira, 15 de maio de 2008

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Ideias, imagens e influências para o projecto















  1. Jardim Botânico - espaço de intervenção
  2. Mitos Urbanos
  3. Too Good to Be True: The Colossal Book of Urban Legends de JH Brunvand
  4. Contos tradicionais a Partir De Mitos
  5. Cantigas De Embalar.
  6. Faunos, Tragos, Grifos, Figuras Da Floresta.
  7. Devised and Collaborative Theatre: A Practical Guide de C. Barker.
  8. Ensinando Encenando Devising – Sinais De Cena, nº2. 2004 de Alexander Kelly.
  9. Complicité Teachers Notes – Devising
  10. Devising Theatre de Alison Oddey
  11. Curadoria Do Local – Art In Site, Coordenação De Edição Gabriela Vaz-Pinheiro
  12. Making A Performance – Devising Histories And Contemporany Practices Por Emma Govan Et All.
  13. O Oficício Do Contador De Histórias, de Gyslayne Matos E Inno Sorsy
  14. Trial: A Study Of The Devising Process In Reckess Sleepers “Schörindinger`S Box”
  15. Monstros de José Gil
  16. Brueguel e Bosch Pela Taschen
  17. Transnatural Por Artez
  18. Site-Specific Art de Nick Kaye
  19. Breaking The Rules – The Wooster Group de David Savran
  20. The Twentieth-Century Performer Reader de Michael Huxley
  21. Certain Fragments - Contemporary Performance and Forced Entertainment - Tim Etchells
  22. A handbook for devising - Draft for introductions to website sections written by Torunn Kjølner,
  23. On Monsters and Marvels de Ambroise Paré
  24. Da Monstrorum historia (1642) de Ulisse Aldrovandi
  25. Vertigo de Hicthcock
  26. O Labirinto Del Fauno de Guillermo Del Toro
  27. A Arca Russa de Sukovov
  28. Sétimo selo de Ingmar bergman
  29. Blair witch Project
  30. A Vila (The Village) de M. Night Shyamalan
  31. http://www.forcedentertainment.com/?lid=93
  32. http://www.goatislandperformance.org/home.htm
  33. http://www.thewoostergroup.org/index.html
  34. http://www.timetchells.com/
  35. http://www.complicite.org/
  36. http://www.thebuildersassociation.org/flash/flash.html?homepage
  37. http://www.toldbyanidiot.org/
  38. http://www.cardiffmiller.com/artworks/walks/index.html
  39. http://www.mis-guide.com/mg.html
  40. http://www.ccanw.co.uk/
  41. http://www.walksquawk.org/home.asp
  42. (…)

domingo, 30 de março de 2008

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

A Casa foi fotografar o Botânico de dia...











Apresentar um evento transdisciplinar no Botânico é a nova missão da Casa da Esquina.

Vamos mapear, regar, calcorrear, fotosíntetisar....

Mais informações sobre o Botânico o site:

[http://www.uc.pt/jardimbotanico]


segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

casadaesquina no botânico



















É o novo projecto da Casa da Esquina depois do áudio-walk chambresroomszimmers.blogspot.com/